12 de agosto de 2011

Comprar ou reparar?

tirada da net

Há uns meses atrás recebi de "herança" duma tia do G., uma máquina de costura Singer portátil, o que me deixou felicíssima!! Porque quando queria ir a workshops de patchwork e costura, não conseguia levar a única máquina que tinha, uma Singer fixa, herdada da minha mãe e da minha avó.
Assim, em vez de ir gastar dinheiro numa máquina portátil, só para ir a workshops e poder fazer mais alguns pontos que a fixa não faz, apesar de coser na perfeição e sem nunca me desiludir, ganhei uma máquina "nova"!
Há umas semanas atrás a dita Singer portátil, que já tinha várias dificuldades em fazer de forma consistente pontos de chuleio e outros mais decorativos, deixou mesmo de coser! O que me levou a deixá-la num técnico para pedir orçamento para reparação.
Entretanto, nunca mais me deram o orçamento...
Há uns dias atrás a Agulhas e Botões, publica um post a informar que as Lojas Lidl iam colocar à venda ontem uma máquina portátil da Singer, por apenas 99€.
E ali fiquei eu, a namorar a máquina! A achar que era bem gira e bem mais pequena do que a minha herdada... e que 99€ por uma máquina de costura Singer nem era mau negócio...
Por isso, desisti de imediato de ir a correr ao Lidl da zona, na manhã de ontem, para garantir que apanhava uma máquina!
Porque por mais barata e bonita que ela fosse, não tinha cabimento nenhum ter 3 máquinas de costura em casa, quando apenas há 6 meses atrás não tinha nem uma! E não cosia nem à mão nem à máquina...
Então não é que o "destino" decide gozar comigo?! Irra...
Ontem à tarde, liga-me o técnico a dar o orçamento e a dizer que se o aceitasse, teria a máquina pronta para a semana.
Ora o orçamento é de nada mais nada menos do que 81€ para efectuar a limpeza, lubrificação, arranjo do tensor e mão-de-obra. A máquina nem vai levar peças nenhumas novas... 
E eu fiquei por momentos ao telefone, sem saber o que responder (já vos disse que sou péssima a tomar decisões??!!), porque só pensava que mais valia gastar mais uns euros e ficava com uma máquina nova... mas depois veio o factor "herança" e pus-me a pensar que o G. me ia esfolar se soubesse que eu não mandei reparar a máquina da tia dele para ir comprar uma nova... 
E naquele milésimo de segundo disse que sim, que fizessem a reparação!
Quando à noite, conto ao G. a história do orçamento e da máquina de 99€ no Lidl, ele diz-me: então, vais comprar a nova!
Eu "morri" naquele instante...
O G. ainda me desancou por mandar arranjar uma máquina já usada, e "que mais valia ficar com uma nova, porque tem garantia de 2 anos" e é mais pequena do que a da tia dele...
Só me apetece mesmo esbofetear-me!

5 comentários:

gralha disse...

Não vale a pena esbofeteares-te. Provavelmente chegavas ao Lidl e não encontravas a máquina, é sempre assim com os produtos em promoção.

Naná disse...

Gralha, ahahahahahahah! Podes crer! Se bem que uma vez consegui comprar uns binóculos ao G., topo de gama por uns meros 19€...

Tanita disse...

Querida, da próxima vez que pensares numa coisa, faz ao contrário :)
Bj** e bom fim-de-semana.

Manuela disse...

Querida Naná, já não vais a tempo de comprar a do Lidl? Ou não dá para ficar com as três?

Arlindo Pinto disse...

Naná. Se o problema fosse entre reparar uma coisa nossa e o comprar novo? Eu também escolheria a maquina nova, pois a diferença de dinheiro era tão pequena. E uma coisa nova É uma coisa nova. Mas aqui tratou-se de uma maquina oferecida que passa a ter um sentimento muito GRANDE. Só por isso a Naná esolheu BEM.
E ainda pode ter certeza as coisas novas mesmo de boas marcas cada vez são mais descartáveis ou seja cada vez duram menos (nada comparado com coisas antigas)