16 de agosto de 2014

A vida depois do Instagram

Desde sempre que gosto de fotografia.
Recordo-me inclusivamente de ter considerado a hipótese de tirar fotografia profissional após ter visto a foto dum poste de electricidade no meio duma seara, por um fotógrafo profissional que foi dar uma sessão de esclarecimento na semana das profissões, estava eu no final do 11.º ano, altura em que tínhamos que começar a pensar em escolher o nosso percurso futuro.

Acabei por não seguir essa via desejo.

Mas ainda hoje gosto de registar momentos com a objectiva, pequenos pormenores que me chamam a atenção.

Posso ser apenas uma wannabe, armada ao pingarelho, com uma máquina fotográfica... mas dá-me prazer tirar fotografias de perspectivas diferentes, momentos que mais tarde me farão sorrir ao lembrar daquela tarde ou daquela manhã em que disparei.

No entanto, o Instragram a meu ver, veio alterar por completo essa percepção de fotografia. Fez-me ficar mais desperta ainda para os pormenores quotidianos, coisas que talvez de outra forma nunca chegaria a reparar. Hoje em dia parece que olhamos o mundo com olhos de ver-e-reparar, e há tantas coisas que se tornaram fotografáveis, que outrora nem sequer consideraríamos fotografar...

Tento não ser levada ao exagero, e registo coisas que me chamaram a atenção, que achei bonitas ou diferentes. Serei sempre uma fotógrafa wannabe, ou então quem sabe, aos 50 anos me dê uma crise identitária e vá finalmente tirar um curso de fotografia profissional...

Só por isso, por ser capaz de estar mais atenta e alerta para o mundo que me rodeia (algumas coisas sempre estiveram lá e eu não as via mesmo...) valeu a pena aderir ao Instagram!


7 comentários:

Sophie disse...

Gosto muito desta foto.
Pode ser seja mais cedo do que aos 50 anos...
Bjs

martinha martins disse...

Gostei Naná :)

Carla disse...

Quem sabe não é antes ;-)

A foto está linda. Bjs x

A menina cos(z)e? disse...

Imagem linda. Continua a fotografar! :) Beijinho

Tanita disse...

Faz o euromilhoes como eu vou fazer hoje. São 57 milhões e passar a ser fotografa a tempo inteiro. E Mãe. Beijo

mfc disse...

Tudo é fotografável e tu tens "queda" para a fotografia... como se vê com estes resultados.
Beijos.

Amigo Imaginário disse...

Esta foto é linda, Naná!