27 de março de 2014

Semanário de gravidez #9

A energia e capacidade de concentração têm atingido mínimos históricos... o que não é lá muito bom no plano profissional... faz-se o que se pode. Este decréscimo deve-se em boa parte ao facto de durante a noite me levantar quase o triplo das vezes para ir vazar a bexiga, que por estes dias parece mais do tamanho duma azeitona.

A pérola da semana foi ter ouvido o comentário de que "parecia mais magra" por usar um vestido todo preto que comprei recentemente. Isto depois de confirmar que ninguém de família morrera, nem mesmo o gato ou o periquito... ouvir um elogio destes em plenas 27 semanas de gravidez é para lá de caricato, mas soube bem!


Começo a achar que realmente os índices de natalidade devem andar nos mínimos dos mínimos, já que fui "sinalizada" pelo centro de saúde para integrar um programa "Educação para a Saúde". No entanto, não sei se é por susceptibilidade própria do meu estado actual, nunca vi tanta grávida como nos últimos tempos... pode ser que os números de 2014 venham contrariar a baixa de natalidade do ano passado.

Este meu filho é um poço de animação, já que se bamboleia constantemente no meu ventre. Eu para ajudar à festa, nos dias em que acordo bem disposta, aproveito e danço ao som de música da rádio. E para ele se ir habituando já de pequenino, dou-lhe umas sessões nocturnas de música indie na Rádio Radar. 

Quanto à azia, bem... por estes dias idolatro o meu obstetra por me ter receitado um comprimido milagroso, para tomar em jejum, que simplesmente fez a azia escafeder-se... pufft, foi-se! Ahhhhhhhhhhh o alívio!

Vistas bem as coisas, se por um lado acho que esta gravidez tem passado a voar, por outro vejo que faltam cerca de 90 dias e parece-me tão longínquo... 


8 comentários:

M♥M Susana disse...

É engraçado a nossa percepção de tempo, enquanto não sentimos o bebé a mexer-se e a barriga não se evidencia ainda parecem séculos a passar até isso acontecer, depois a barriga e movimentos crescem com frequência e nós babosas aproveitamos cada instante mas aí parece o tempo voar no entanto o dia do parto parece tão distante e quando damos por nós já os temos nos braços, mas as ultimas semanas são complicadas, dormimos pouco, sentimo-nos estafadas, os dias demoram uma eternidade a passar mas apesar disso é a fase que maior gozo me dá, a eminência de se estar prestes a receber nos braços aquele ou aquela que dançou dentro de nós e nos deu a experiência de gerar uma nova vida ;o)
Azia mesmo só a tive a partir das 30 e tal semanas mas até não foi muita o que me aborreceu imenso foi mesmo as contracções de treino que não me largaram grande parte da gravidez e nos finais me deixavam completamente estafada dos musculos da barriga, nesta gravidez passava esse aspecto...

Tanita disse...

Amiga,
Com um vestido preto... :)
Quanto às grávidas, penso que é por estares assim que vês muitas, porque eu também via e agora deixei de ver, a sério.
90 dias, só?? o tempo voa, acredita, a ansiedade é que já é muita. E os teus 90 dias, são praticamente os meus últimos para desfrutar da minha princesa a tempo inteiro snif snif
mil beijos cheios de saudades.

gralha disse...

Tenho de me lembrar de ti e de como o fresquinho te é agora favorável de cada vez que me apetecer queixar deste Inverno extemporâneo.

Eu também via grávidas por todo o lado quando estava grávida :)

Magda E. disse...

Tenho visto muitas mamãs blogger grávidas mas "ao vivo e a cores" têm sido muito poucas... mas temos que fazer por aumentar a criançada no país.
Esses cerca de 90 dias vão passar num instante, vais ver.

Pés de Lã disse...

Eu tenho visto algumas (não muitas) grávidas, mas acho que é por estarmos também à espera de bebé que as vemos. E quando o bebé nasce, passo a ver mais bebés também...:) Eu compreendo-te Naná, os últimos 3 meses são os mais demorados a passar...é o peso a mais, é o sono que não nos deixa, são as dores na coluna, e a ansiedade de chegar o parto para o/a conhecermos! :)

Amigo Imaginário disse...

Um vestido preto?! Grande ideia, Naná! :)

Uba disse...

Eu acho que a gravidez passa a voar. :)

Lacorrilha disse...

Eu neste momento estou a arder. Maldita azia, pá.