7 de janeiro de 2014

O doce sabor do silêncio

Desta vez, não quis gritar aos quatro ventos.
Não quis espalhar a novidade por família, amigos, conhecidos e demais transeuntes.

Desta vez, senti o apelo da introspecção. Do guardar segredo. De acarinhar esta nova vida como um tesouro só meu. 

Como se pronunciá-lo em voz alta pudesse roubar este desejo concretizado e a felicidade correspondente e deixar-me despojada de uma nova maternidade.

Senti a felicidade de uma forma diferente da primeira vez. Mais serena, mais calma, menos esfusiante. Mas igualmente feliz, em pleno!
Por vezes, ainda me parece irreal, como se não acreditasse. Como se fosse algo apenas sonhado...

Mas é real, verdadeiro e está aqui, comigo. Dentro de mim!

Dentro em breve, a minha família será aquela com que eu sempre sonhei, que sempre visualizei, com quatro elementos.


(*) - queria agradecer a todos os comentários de felicitações e carinho que me deixaram. Encheram o meu coração mais um bocadinho! Muito obrigada!!

11 comentários:

Magda E. disse...

como te entendo! Estás com mais ou menos tempo que eu?

Carla disse...

Que bom Naná.

Felicidades x

Naná disse...

Magda, acho que a diferença deve ser pouca... eu completo hoje 16 semanas. :)

Carla, obrigada :)

dona da mota disse...

:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
(caso tenha ficado estranho, é um sorriso a dar para o grande!)

Arco Iris disse...

Agora é só usufruir dessa Felicidade tão grande que é a Maternidade.
:))

Mam my disse...

Que bom!
Muitas felicidades, minha linda!
Tudo a correr bem!
Beijinhos

Magda E. disse...

=D a tua Dpp deve ser mm quase no dia do aniversário da minha Biela, este agr está para menos de 2 semanas dps. Estou a fazer as 14 amanhã.

luisa disse...

É tão bom! Parabéns Naná e muita felicidade. :)

Uba disse...

O meu objectivo seriam os 3, mas ainda vou no primeiro e anseio por passar pro segundo. Vamos lá ver se é este ano! :D

Lacorrilha disse...

Eu sempre sonhei com 4, o meu marido sonha com 6. Venham os que vierem, desde que venham só quando eu quiser.

Tanita disse...

Como te entendo... vai ser um ano muito feliz!