9 de janeiro de 2014

Levem lá a bicicleta!

Não posso deixar de achar correctas as alterações que foram feitas ao código da estrada, no sentido da "inclusão" das bicicletas como um veículo, obedecendo às mesmas regras de prioridade.

No entanto, não consigo evitar sentir-me um tanto receosa perante tal mudança de regras e as implicações que têm na prática do quotidiano.

É que, a meu ver, os ciclistas "puros e duros" têm a perfeita noção do perigo e percebem que andar de bicicleta na estrada implica alguma sinalização, especialmente depois do sol se ter posto. Implica ter luzes de sinalização à frente e atrás, como qualquer outro veículo que circula na estrada. Alguns vão mesmo mais longe e investem em chapas retro-reflectoras, algumas delas piscantes até... que permitem que os demais que por ali circulem os consigam ver bem.

Já os senhores que têm uma bicla daquelas de 50 aérios compradas na secção do hiper para dar umas voltas do «vou-me ali, já volto», acham que isto é só fazer-se à estrada, não importa a que hora do dia, sem qualquer sinalização luminosa à frente ou atrás, pouco se importando se causam "sustos" a qualquer condutor de veículos, motorizados, automóveis ou o que seja.

E nestas coisas eu sou muito pragmática: meus senhores, se se acham agora empossados de direitos, atentem também nas obrigações correspondentes, sim?!

4 comentários:

Leana disse...

Há uns anos atropelei um senhora ciclista exactamente nessas circunstâncias, era de noite e ela circulava sem qualquer luz.
Graças a Deus sofreu apenas ferimentos ligeiros, já eu não ganhei para o susto.
O mais incrível no meio disto tudo foi quando, à saída do hospital, eu lhe disse que ela deveria colocar luz na bicicleta já que saía do trabalho de noite e ia a pedalar até casa, ao que ela me respondeu que não via necessidade em fazê-lo...

Naná disse...

Leana, pois... a lógica destas pessoas é "para quê gastar dinheiro e tempo a sinalizar? Os outros que se desviem"...

Infelizmente no meu caminho para casa apanho diariamente estes sustos...

Leana disse...

Que raiva me dão pessoas com essa mentalidade!

miadosantos1 disse...

nem mais, Naná. direitos sempre reivindicados, e deveres muito esquecidos. bom fim de semana. beijinhos. :)