26 de fevereiro de 2013

Hoje foi o dia

Qualquer dia peço o livro de reclamações e digo da minha justiça.

Hoje foi o dia!!!

5 comentários:

ouvirdizer disse...

Ai Naná, sou pessoa que dificilmente pegaria num... No entanto com o meu homem, que só vive em Portugal há 12 anos e lhe fazem impressão muitas coisas, nestes 8 anos já inaugurámos uns 3 livros de reclamações. Ele não se poupa quando a situação o exige...
Realmente, mesmo que não adiante de muito, uma pessoa diz de sua justiça e limpa a alma...

kuka disse...

Será que o governo tem livro de reclamações?
Opá não sejas piegas!

Tanita disse...

Fizeste tu muito bem e a situação merece!

Naná disse...

Vera, esta é a segunda vez que pedi o livro na minha vida. E se da primeira vez o pedi em resposta a uma provocação por parte da funcionária do centro de saúde, desta vez demorei dias a ponderar com os meus botões se devia pedir ou não... foi uma luta mental enorme, porque sei que tenho razão e estou a exercer um direito, mas por outro lado, as consequências podem não ser as melhores...

Kuka, o livro de reclamações do governo é místico... só aparece de 4 em 4 anos... costuma vir acompanhado de eleições...

blue disse...

Infelizmente tb pondero imenso antes de tomar esses passos. Talvez por isso nunca o ter feito.
uba