4 de janeiro de 2013

A Vontade de Regresso


A Ana C. foi a primeira blogger que comecei a seguir.
Sei que o texto que me deixou rendida foi um sobre a maternidade e a culpa. 
Lembro-me que foi em 2009, quando eu estava a dar os primeiros passos como mãe e já sentia a culpa a galopar sobre mim...

Nunca mais deixei de seguir a Ana C., porque ela escreve de uma forma que não sei propriamente descrever... mas às vezes acho que ela deve ter andado a escarafunchar no recôndito da minha mente... 

O último livro que li em 2012 foi o da Ana C.!

Mais uma vez, fiquei rendida à escrita a que ela me habituou.

"A vida que ficara do seu corpo continuava, lado a lado com a minha própria vida de todos os dias.
Como descobrira com todas as mortes que se haviam cruzado no meu caminho, era forçoso absorvê-las da melhor forma possível, conseguir conviver com elas dentro de mim, sem tentar negá-las, pois cada uma delas simbolizava uma pequena morte interior que era necessário ressuscitar crescendo e eu já me habituara a crescer."

3 comentários:

Tanita disse...

Vou pôr o livro da Ana C. na minha lista, espero retomar o velho e bom hábito de devorar livros.

Arco Iris disse...

Obrigada pela partilha.
Tenho a leitura tão em atraso.
Bom fim de semana

Ana C. disse...

Naná, depois disto e depois de saber que escarafunchei, ainda que involuntariamente, na tua mente, terei o lustro do meu ego a fazer faísca durante anos :)
Muito obrigada. Não imaginas como é bom sentir faíscas na nossa vida.