20 de julho de 2012

Fogo em brasa

Está a arder novamente o "meu" Algarve...
Já ardeu 1/3 de área de um dos concelhos mais bonitos desta região e um dos meus predilectos: Tavira.
Ainda no sábado passei por lá e como sempre, tive pena de ser à pressa e não poder parar para apreciar a beleza natural que Tavira tem (ou deverei dizer "tinha"?!).
Também S. Brás de Alportel arde e esta manhã ouvi a notícia de que Castro Marim também arde...
Não sendo eu sotaventina, é impossível ficar indiferente e não ficar de coração apertado, tristíssima por ver que mais uma vez o fogo leva a melhor e consome o verde desta minha região, que sempre contrastou com o azul do mar, logo ali... 
É impossível ficar indiferente ao inferno que o fogo representa!
O mesmo vale para a Madeira, que igualmente se encontra envolta em chamas...!
Em qualquer dos casos, sinto um tremendo arrepio na espinha e fico com a sensação de "dia do juízo final".

A acrescer a tudo isto, fico ainda mais triste, porque mais uma vez, somos o típico ser humano que só se lembra de Santa Bárbara quando faz trovões. 
Nestas alturas é que nos recordamos do papel fundamental que os corpos de Bombeiros Voluntários desempenham. 
O facto é que eles dão apoio à população durante todo o ano, seja no combate aos incêndios, no apoio aquando das inundações e na prestação de cuidados médicos. É sempre nestes momentos que somos recordados da sua importância e da penúria em que se encontram as corporações, sem quaisquer apoios para prestar um serviço digno à comunidade!
Muitas vezes, os bombeiros conseguem fazer omeletes sem ovos, para lutar contra o fogo e impedir que ele devore o pouco verde que ainda pontilha o nosso país.
No entanto, ano após ano, governo após governo, as medidas que se implementam para evitar estes cenários dantescos ficam claramente àquem do necessário!

7 comentários:

Carla disse...

Triste muito triste.

Vamos torcer para que parem rapidamente.

Beijocas

Ni! disse...

Pelas minhas bandas também não anda fácil, mas nada de tão alarmante. Fico triste. Mesmo muito triste.

Tânia ♥ O Nosso Mundo Perfeito ♥ disse...

É realmente triste, e a falta de meios é escandalosa :(

Paula disse...

Tenho pensado tanto nisto... os bombeiros levam o ano a tentar angariar verbas para nos poderem ajudar e só nos lembramos deles quando fazem falta...

E isto está feio... as nuvens de cinza vêem-se bem daqui e estou muito longe...

Sonia Corv disse...

Depois de tudo, definitivamente 2012 não é o meu ano! Agora isto…perdemos muita coisa (fica ao pé do pego do inferno). Além do prejuízo material, o que me doi foi a fauna e flora que é única, desaparece de um momento para outro. Estou desolada e sem palavras:( Apartir de agora é arregaçar as mangas e reconstruir tudo. Tudo me diz para ir para Tavira, mas está difícil a partida...beijinhos e bom fim de semana

mfc disse...

Ficamos sempre de coração apertado perante estas desgraças!
É demais...!

AvoGI disse...

lembrei-me de ti quando vi as noticias , tu e eu a arder pelo nosso rural. lembrei-me tb da Mama Petra dos pimpolhos, mas nao tinha net por perto
kis :=(