18 de maio de 2012

Chega , chega a minha agulha!


tirada daqui

Nunca gostei de agulhas, nem de nenhum item que picasse e como tal, infligisse dor! Mesmo por muito leve que fosse.
Descobri a acupuntura na altura da minha gravidez... nunca me passaria pela cabeça recorrer a terapias alternativas num momento como este e foi preciso muito trabalho de "convencimento" da parte de um colega de trabalho, cuja mulher é acupuntora. 
Andou semanas em marcação cerrada, que "ah e tal, é bom, ajuda à dilatação no momento do parto", etc e tal.(isto nunca cheguei a confirmar...)
Eu só pensava nos possíveis efeitos que espetar agulhas pelo meu corpinho poderia ter na criança que eu carregava na barriga, com amor desmesurado.

Mas depois de ter lido alguns artigos sobre a matéria, acabei por ir experimentar, fazer uma sessão de terapia. 
O facto foi que realmente gostei, nem sei muito bem explicar por que razão.
E continuei a ir. 
Notei melhorias bastante significativas após 2/3 tratamentos, especialmente ao nível da dores nos gémeos, derivada da retenção de líquidos. Durante o restante período de gravidez nunca mais tive esse tipo de dores...
Mas o momento de catarse que me convenceu que a acupuntura faz maravilhas e me fez render a esta terapia alternativa, foi já quase no fim da minha gravidez, quando o meu nervo ciático decidiu dar o ar da sua graça nenhuma e de cada vez que pousava o pé no chão, sentia um esticão de dor intensa percorrer-me toda a perna desde a nádega até ao tornozelo... houve momentos que inclusivamente perdi o equilíbrio por não conseguir suportar a dor, e quase tombei redonda no chão...
Com apenas um tratamento de agulhas, espetadas nos sítios certos, saí de lá sem sombra de dor! Apenas a moínha de estar dorida... 
Rendi-me incondicionalmente!
De vez em quando volto a fazer uns quantos tratamentos, quando me sinto mais aflita de alguma dor e ou padecimento picuinhas da minha parte!
Hoje vou lá para mais uma sessão e aquela hora e meia de tratamento é a minha hora zen!
Quando saio de lá parece que me revigoraram a alma e isso transmite-se no corpo!
Gosto!

10 comentários:

luisa disse...

Há uns anos, por causa de uma dor nas costas e de muitas recomendações de uma amiga minha, experimentei. Não sei se foi mera coincidência mas o certo é que me senti muito mal, a desmaiar e foi um trinta e um para me reanimar. Nunca mais tentei :(

Turista disse...

Querida Naná, fiquei aqui com vontade de experimentar a tal da acunpuntura, pois o meu nervo ciático, de tempos a tempos, resolve dar um ar da sua graça...
Mas chego aqui aos comentários e vejo o que a Luísa diz e fico, como o tolo no meio da ponte... não sei para que lado deva correr...;)

by Deva disse...

É muito bom e é uma optima terapia; também gosto muito.

AvoGI disse...

eu nem experimento pois acho que nao ia gostar
kis .=) BFSEMANA

Tanita disse...

Queria tanto experimentar, já me falaram maravilhas e tu foste uma dessas pessoas, mas tenho medo, sou parva não sou? Bj**

Sónia disse...

eu adoro sou fã à imenso tempo!

Paula disse...

Nunca fiz, o nervo ciático deu ar da sua graça mas desapareceu... claro que podia fazer para outras tantas coisas mas nunca me recomendaram, mesmo na clinica de medicina alternativa.

Já o meu marido fez algumas sessões e saiu de lá mt melhor... e até dormiu durante o tratamento!

Bjs xx

Naná disse...

Luísa, ui ui... eu nunca me senti mal. Nem pouco mais ou menos!

Turista, é como tudo nesta vida. Há terapias que são milagrosas com uns e com outros não... caso te decidas a fazer, sugiro que encontres alguém diplomado e que te explique tudo o que vai fazer, ajuda a clarificar muitas coisas e a retirar alguns receios. Mas só experimentando poderás saber se resulta ou não...

Deva, sou mesmo fã! A todos os níveis

Avogi, sim... creio que com o teu espírito "irrequieto" seria difícil ficares ali quieta com as agulhas espetadas... kiss

Tanita, medos todos nós temos... eu também levei muito tempo a me deixar convencer. Tive muitos receios... mas é curioso que vamos a um clínico geral e nem questionamos se a medicação que ele nos passa é adequada. Tomamos sem reservas quase nenhumas...

Sónia, :)

Paula, uma amiga minha também fez para as enxaquecas e melhorou bastante também. E o teu marido não foi o único a adormecer... também já me aconteceu!

Ni! disse...

Nunca fiz, mas agora fiquei com vontade de experimentar :)

Ceres disse...

Eu descobri a acupunctura quando passei seis meses a vomitar sem nenhum médico me oferecer um diagnostico. Na altura teria ido até à bruxa tal o desespero.
Depois de dois tratamentos nunca mais passei mal e ao fim do ano estava eu própria a estudar Medicina Chinesa. É fascinante e os resultados falam por si :-)
Sou evidentemente super fã e encorajo toda a gente a experimentar!
Bjs