21 de março de 2012

Falipices 7#

Vínhamos da escola, a caminho de casa.

Falipe - Mamã, é possível?
Eu - é possível o quê, filho?
Falipe - Mamã, é possííível!
Eu - pois, filho, tudo é possível!

Estranhei a insistência e o carregar no "sível"...
Eu - aprendeste isso na escola?
Falipe - sim...

Calhei a comentar com a educadora e ela diz-me que por vezes exclama, quando eles fazem asneiras, "como é que é possível?!"...

10 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

hehehe

É possivel sim senhora!! :P

mão da mãe disse...

o meu filho também passa a vida a fazer-me perguntas desse tipo ;)

Ana disse...

Que giro! Que será que lhe passa pela cabeça quando ouve essa palavra...

A minha filhota já começa a ter algumas "saídas" dessas, daqui a nada, ninguém a pára :D

Beijinhos

abspinola disse...

Tão engraçado.
As saidas deles são um must.
Aprendem cada coisa.
Bjstos

Mammy disse...

Ah ah ah ah!!!!
Bjs

Lacorrilha disse...

Olha, vai-lhe dizendo que é mesmo tudo possível. Tudo mesmo, seja para o bem ou para o mal.

Tanita disse...

Ahhhhhh é possivel que ainda venhas a aprender algumas coisas com ele :)

carla disse...

Já me fizeste dar uma gargalhada agora. Estes miúdos são demais! :D

mfc disse...

É sinal que compreende perfeitamente o alcance das expressões que vai aprendendo!!
Está no bom caminho.

Paulo Nunes disse...

A minha diz...quando eu ou a minha mulher fazemos alguma coisa que ela nao gosta "pai/mãe ai ai ai ai aiiiiii"

É o que a educadora faz quando eles se portam mal :))))