27 de janeiro de 2012

Deitar os bofes pela boca...

Ontem fui fazer uma espirometria.
Aquilo não é difícil, a execução até é bem simples. Respirar normalmente, depois encher o peito e logo em seguida deitar tudo cá para fora num sopro forte, até a técnica nos dizer que podemos voltar a inspirar e respirar normalmente.
Só que quando eu pensava já ter deitado fora todo o ar que tinha nos pulmões, a técnica do hospital continuava a dizer que faltavam "6 segundos...5... mais 4... já só faltam 3... dois... e pode inspirar!"
Ainda bem que ninguém nos filma ou fotografa nestes preparos... pensei comigo enquanto tentava ainda expirar is últimos resquícios de ar!
Calculo que devo ter ficado quase roxa no processo...

Mas o que interessa é que não há maleita nenhuma a assinalar!

5 comentários:

Tanita disse...

É o mais importante.
Assim é que vemos a falta que o exercicio nos faz :)
Bj**

mfc disse...

Ora.... tudo vai bem quando acaba em bem!

Paula disse...

A última frase é que interessa!!! :)

Bjs xx

Naná disse...

Tanita, a mim faz-me mesmo muita falta!

Mfc, ainda bem que acabou mesmo bem! A saúde é algo que inestimável!

Paula, é mesmo! :)

Borboleta Serrana disse...

boa;)