27 de janeiro de 2012

Ao ataque!

Quando regressava do Hospital de Faro, fiz o caminho pela EN 125, essa mítica estrada que liga o Algarve de uma ponta à outra.
Sempre se viu "profissionais" a orlar a berma da estrada, mas em pontos específicos e conhecidos por todos, quase como um número de porta de uma taberna...
Ontem fiquei abismada com a quantidade e a variedade da "oferta" disponível!

10 comentários:

pontinhos ao vento disse...

Aqui pertinho do meu trabalho, existe uma estrada que desde pequena sempre ouvi chamar de "estrada das meninas", há uns tempos atrás disseram-me que uma transversais era agora a "estrada dos meninos"...
Na estrada das meninas, quando por lá passo, quer faça chuva quer faça sol, individualmente ou a 2 ou a 3 vêem-se, na dos meninos, vê-se muitos carros estacionados!!...
Enfim.
Beijo
Maria

Tanita disse...

A sério? socorro!!

Tânia disse...

São efeitos da crise!

Paula disse...

É não é... principalmente ali entre Albufeira e Boliqueime... é pavoroso.

A verdade dura é que para além do triste espectáculo que dão só Deus sabe as histórias por trás daquelas vidas.

Há cerca de um ano tinham desmantelado a rede, que implicava tráfico de mulheres, forçadas a tomarem droga para ficarem dependentes deles, etc... agora está tudinho na mesma...

Cuca disse...

É chocante e cada vez mais habitual :(

Maria disse...

É a crise!!!

Teya disse...

Eu acho piada que a estrada só é 'limpa' quando o presidente vai passear a Boliqueime, no resto do ano é essa tristeza e com tendência a piorar.

AvoGI disse...

desconhecia esse pormenor mas deve ser vergonhoso
kis .=(

mfc disse...

Sabes?!
Sinais dos tempos...

Paulo Nunes disse...

Uau! Russas? Ucranianas? Brasucas? :))) espero que estejam limpinhas para o proximo verão!! hahaha :)))