11 de julho de 2011

Chupeta "no more"!!!



Já andávamos para tentar tirar a chupeta ao F. há alguns meses... primeiro, porque cada vez se tornava mais difícil substituir uma chupeta (mesmo comprando modelos iguais, ele ao pôr a nova na boca, cuspia-a e dizia: "pucahia"! - porcaria) e segundo, porque devido ao facto de ele não querer chuchas novas, fazia uma alergia manhosa à volta dos lábios...
E sem termos planeado nada, este fim-de-semana aproveitámos a deixa que o F. foi passar o sábado com os meus primos no campo, e numa brincadeira do S. que fingiu aturar a chupeta ao Kinas (um pastor alentejano enorme!) e vai daí eu escondi-a!!
Ele ficou assim um pouco entristecido, mas o facto é que no momento aceitou o argumento...
E eu pensei que talvez fosse boa ideia aproveitar o momento, a ver se conseguia tirar-lhe este hábito.
O F. já ia perdendo o hábito de andar de chupeta na boca, desde aí há uns dois meses atrás, só a pedia quando estava com sono e quando estava stressado com alguma coisa.  Mas com o desfralde, "agarrou-se" mais à chupeta! E até compreendi, porque deixar de usar fraldas foi algo que lhe trouxe stress... a ele, e a nós pais! 
E apesar de saber que é feio enganarmos os nossos filhos (uma enfermeira da maternidade disse-me isso: "não engane o seu filho, nunca! se vai doer, não diga que não vai..."), desta vez terá que ser...!!
Arrisco-me, é claro, a que o F. nunca mais goste do Kinas, é certo... mas é por uma boa causa!
Para já, ele tem ido pedindo a chupeta de vez em quando. Pergunta: "mãe, a 'tupeta?" e eu respondo: "oh filho, o Kinas ficou com ela... ele tinha sono e precisava dela para dormir." e ele fica com um ar sério, mas não pergunta de novo... e não tem feito drama nem birras por falta dela...
Já dormiu duas noites seguidas sem precisar dela, tendo em conta que ele adormecia com ela e acordava com ela na boca!
Por enquanto, ele parece estar a aceitar bem a ausência da chupeta. 
É claro que se me apercebesse que isso lhe estava a provocar stress em demasia, lhe devolveria a chupeta e tentaria noutra altura. Quem sabe, ele até poderia acabar por querer deixá-la por si mesmo, mas como até agora não tem dados sinais de estar muito aborrecido com isso... vou insistir e pode ser que seja desta que ele larga aquela borracha de estimação!!

7 comentários:

Alice disse...

olá,

ainda não pensei nisso, o meu pequeno tem nem sei quantas chuchas, gosta de todas.

ai o desfralde, ainda andámos a fazer o desfralde aqui por casa. com o teu menino o desfralde foi fácil?

*

Naná disse...

Alice,
Não o desfralde não foi fácil... foi feito de avanços e recuos! E mesmo agora ainda não está a 100%... requer muita calma e paciência!

Manuela disse...

Querida Naná, gosto muito de acompanhar estas vossas odisseias! O F. está a portar-se muito bem :)

Naná disse...

Manuela, a palavra é mesmo essa: odisseia! Mas é muito giro ver como o ser humano evolui! O F. tem sido um menino lindo, tenho muita sorte mesmo! às vezes é assim um bocadinho teimoso, a quem será que ele sai??!! À mãe teimosa ou ao pai casmurro?!... :)

Tanita disse...

E aquele barulhinho deles a chuchar? acho que isso é que me vai deixar cheia de saudades.
Mas ainda bem que o teu F. já largou a chupeta, não lhe faz falta e ele está a ficar um crescido :)
Bj**

mfc disse...

Agora não devolvas!
Vai em frente... até porque é para o bem dele.

Naná disse...

Tanita, eu adorava era as boquinhas/expressões faciais quando apertava mais a chupeta... parecia mesmo o Poppeye! Adorável
Mfc, podes crer que não a devolvo mesmo!