23 de junho de 2011

Vantagens de viver na aldeia

Há um ano sensivelmente que me mudei para uma casa próximo de uma vila algarvia, mas que mais parece uma aldeia! Não no sentido pejorativo... é assim pitoresca, pequena, de ruas estreitas e íngremes e quase todas elas levam ao cimo da colina, onde se ergue a igreja!
A "civilização" está logo ali... a uns escassos quilómetros! Shoppings, trânsito, prédios altos que quase nos sufocam...
Mas eu vivo numa pacata urbanização, quase toda ela circundada por mato, por campo! Ouço os passarinhos, os cães das moradias dispersas, e algumas galinhas que devem estar numa quinta aqui perto.
E eu gosto desta pacatez... da sensação de desafogo que me proporciona!
E ontem a família decidiu aproveitar mais uma das coisas boas que advêm de se viver num local assim: ir fazer uma caminhada depois do jantar, pelo campo e até à "aldeia"!
O calor em casa era abrasador e na rua estava-se tão bem com a fresquinha aromatizada pelo mato abundante que cresceu devido às chuvas tardias de Maio.
O F. pela nossa mão, caminhava cheio de entusiasmo! Perguntava por tudo o que via de novo no caminho: "o qué ito?" e nós dizíamos o nome e ele tentava repetir, umas vezes conseguindo outras nem tanto... mas soube bem, saborear o fresco da noite, a beleza do campo que se estendia, encontrámos uma pequena horta, cheia da legumes e hortaliças, muito bem tratada e organizada, vimos os gatos que apreciavam a brisa da noite e perdemos tempo a mirar as fachadas das casas da vila, que nunca temos oportunidade ou tempo para observar com olhos de ver!
E soube bem ao corpo, desmoer o jantar com uma caminhada, em vez de como habitualmente nos enterrarmos no sofá em frente ao rectângulo que nos hipnotiza e "embrutece" um pouco...
Palpita-me que esta actividade vai tornar-se um hábito cá por casa, mesmo que nem sempre a família possa ir toda junta... e acho que mesmo que tenhamos pouca vontade ou energia, o F. vai-se encarregar de colocar o boné e encaminhar-se para a porta, em sinal de convocatória!
E que melhor maneira de "saudar" a chegada do verão?!

4 comentários:

mfc disse...

Que linda descrição!
Senti os cheiros e as vistas dessa passeata pela fresquinha da noite!

MARIINHA disse...

Fazem vocês muito bem, caminhar já de si faz bem a tudo, mas se for num local bonito ainda melhor. Que bom que vives perto mas eu mesmo tempo afastada da confusão.

Naná, já agora onde é que se pode escolher este tipo de letra? Gostava de uma vez ou outra poder escrever assim, nem que fosse o título dos blogues, acho gira.
Beijinhos e boa praia.

Naná disse...

Mfc, obrigada!
Mariinha, nem sabes as gargalhadas que já dei por causa da pergunta que me fizeste... é que nem de propósito! Um anónimo fez um comentário hoje num dos meus post exactamente a dizer que achava a letra horrorosa! ;)
Para escolheres a letra vais ao assistente do blogger!

Ni! disse...

Que bom!!!!!!!!! Nós fazemos isso sempre que o tempo permite. Às vezes os 3, às vezes os 2, às vezes juntam-se a nós primos e avós :) É dos melhores hábitos que adquirimos e ainda que o cenário circundante não seja tão pitoresco, não ns podemos queixar. Vivemos numa cidade com muitas zonhas verdes e passeios agradáveis. Boas caminhadas, amiga!