8 de julho de 2015

Viagem no tempo

Às vezes, sinto saudades dos meus tempos de final de adolescência e começo de vida como jovem adulta.
O que me faz mais falta são as saídas com os amigos (que ainda hoje mantenho), a liberdade de poder ir se me apetecesse ou ficar se assim o entendesse.
E a música, essa está sempre lá, sempre presente. Não há nada de mais gratificante na vida de jovem adulta livre e desimpedida do que estar no meio duma multidão simplesmente a curtir a música, que se entranha no corpo e na mente.
E essas recordações são valiosas. A tal ponto que basta ouvir isto para em 1 segundo apenas, os pelos se eriçarem e sentir o mesmo arrepio de felicidade percorrer-me o corpo!


1 comentário:

Magda E. disse...

tb guardo com carinho esses tempos *saudade* eu sou mais de "better man" ;)