15 de janeiro de 2015

Coisas que me baralham os circuitos dos neurónios

O carteiro que  deixa o postalinho na caixa do correio a avisar que não entregou a encomenda, porque ninguém lhe abriu a porta... Às tantas, se ele tivesse tocado à campaínha perceberia que estava mesmo alguém lá para lhe abrir a porta e tinha-me poupado duas deslocações à estação dos CTT no centro da vila, que funciona em horários manhosos... e sim, a campaínha funciona perfeitamente!

Pais de meninos que o meu filho decidiu convidar para a festa de aniversário e que recebendo o convite, não dizem nem truz nem muz... se não queriam que os filhos fossem, ao menos tivessem a dignidade de dizer isso mesmo. Não custa nada, não come pedaço e é de bom tom! (digo eu, que me considero uma pessoa "educadinha")

Pessoas que acham que ter um contrato de electricidade, água ou gás, devem pagar zeritos porque não têm consumo. Será caso que não percebem que há taxas a pagar só por terem a electricidade, a água ou o gás à distância dum clique. Se querem pagar zeritos, é mandar desligar por completo! Bale?!


8 comentários:

gralha disse...

Bale!

Joana disse...

Bale! ;)

Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
dona da mota disse...

Ahahahahah!
O 1.º e 3.º ponto, muito bem!
Sobre o 2.º ponto, eu sou assim, não confirmo nada, mas as pessoas sabem que os meus filhos vã a todas! Ahahahah

ei! kumpel disse...

Bale!!

Amigo Imaginário disse...

Do que tu me foste lembrar... as festas de anos, que stress tremendo! O que vale é que, aqui, o pessoal manda bolo e já está. Nem bebidas, nem velas. E, na maioria das vezes, nem saquinhos cheios de porcarias. As festas de anos em casa são um exclusivo familiar, graças a Deus! Acho que com esta idade, já não tinha pachorra para aturar pais malcriados. ;)

Tanita disse...

Detesto gente mal educada, depois queixam-se fas crianças

desabafosemrodape disse...

educação e saber ser!!! coisas de antigamente"!