16 de setembro de 2013

Voltar (lentamente) às rotinas



As férias terminaram... (mas porquêêê?!!!!!)

Foram dias pacatos, de vida sem horários pré-definidos, sem grandes planos.

Eu já devia ter aprendido esta lição há muito tempo... quanto menos se planeia, melhor correm as coisas, somos mais felizes!

Não fomos para muito longe, mas foi o suficiente para mudarmos de ares, vivermos de forma diferente. Ir à praia se nos aprouvesse, de ficar em casa se apetecesse.

De malas com pouca roupa, minimalistas diriam alguns... Soube bem perceber que é bom viver com pouca coisa de vez em quando. Faz bem à cabeça e ao corpo. Soube bem viver numa casa rústica, com o básico essencial, o suficiente para comer peixe grelhado quase todos os dias.

Revisitar as origens e as raízes dos meus ascendentes e sentir-me mais próxima deles, de certa maneira. 

Foi bom ver apenas a RTP2 e conhecer tanto que a nossa cultura tem de riqueza, sem canais de clubes de mil bonecos por dia, com vozes profundamente irritantes.

Foram dias de arrumações e rearranjos caseiros. Foram dias de "limpezas de primavera" em  época pré-outonal. 

Foram dias longe da crise, da austeridade, das baboseiras e asneiras político-económico-futebolísticas. Foram dias de estar presente e prestar atenção ao núcleo restrito que é a família, que somos nós os três.

Encontrar e abraçar amigas de longe, que vemos apenas nesta altura, e esquecer completamente das horas a passar.

Analisar o percurso até então e perceber que o caminho para a frente está em aberto e pode ser tão diferente e tão próximo daquilo que queremos afinal.

O regresso trouxe consigo a mudança para uma escola nova e uma nova etapa na vida do Falipe e na nossa, indirectamente.

8 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.

gralha disse...

Bem-vinda de volta e espero que corra tudo bem na escola nova.

Maria Duarte disse...

Bem vinda às rotinas.
Boa sorte (ou se calhar é melhor desejar pouco nervoso miudinho) para a nova escola do Falipe.

Beijos

Paula disse...

Sabe tão bem largar tudo e viver de forma simples. Os melhores dias deste nosso verão foram assim, ai pelos teus lados... Tudo de bom para a nova etapa do Filipe, aqui repetiu-se a sala do ano passado com nova educadora e adorou...

dona da mota disse...

No trabalho outro dia disseram-me que é bom voltar ao trabalho, é sinal de ter saúde para trabalhar...
ok... tudo bem... respeito opiniões. Mas penso: não é bem melhor ter saúde E usufruir de momentos como os que descreveste?!!! Sou só eu? Não, não sou!
Bom regresso (aviso-te que a 2.ª semana pós-férias me custou mais do que a 1.ª... quem avisa, amigo é!)
Pelo menos regressas com o início da escola e tens tanto em que pensar que corre melhor!

Mam my disse...

Bem-vinda!
Já tinha saudades das tuas palavras!
Bjs

Carla disse...

Que bom.

E férias sao isso, o sair das rotinas,o relaxe e gozar cada dia ao máximo.

Beijocas e seja muito Bem vinda xx

Arco Iris disse...

Que bom.
Foi ter tempo para o tempo, fazendo o que se gosta sem estar a planear.
Um regresso tranquilo e tudo de bom para o Felipe.