30 de setembro de 2013

Falipices #55

Depois de um mini-ralhete, por não parar sossegado nem 30 segundos, Falipe fica com um ar muito melindrado e afirma com ar resoluto:

- Já não és minha amiga!!

Não satisfeito, acrescenta:

- Vais ficar com o coração partido para sempre!*

Passados dois minutos, a "birra" já lhe passou e já diz que é meu amigo.

* O que ele ainda não sabe é que se um dia ele deixar de ser meu amigo, eu vou mesmo ficar de coração partido...

8 comentários:

Paula disse...

Isso não vai acontecer porque tu não deixas... (e ele não quer) :)

Margarida disse...

:-) a minha irmã quando se zangava comigo, olhava para mim e dizia "má, fêa!" e ainda hoje brincamos com isso...

SofiAlgarvia disse...

As minhas filhas faziam-me caras feias, quando eram contrariadas, principalmente a mais nova e ainda hoje faz... Terríveis! :)

Lacorrilha disse...

Nunca vai deixar de ser amigo da mãe, essa carinha laroca.

Naná disse...

Paula, é isso mesmo! Adorei foi o "drama" das palavras... não sei onde ele vai buscar estas tiradas...

Margarida, adoro essas brigas de irmãs!

Sofia, ele faz é um beiço enorme. São uns tesouros lindos, os nossos filhos ;)

Lacorrilha, sim, porque eu não deixo ;)

dona da mota disse...

Pois... é por "medos" desses que às vezes sou demasiado permissiva...

Tanita disse...


É obvio que ele nunca irá deixar de ser teu amigo.

O meu tambem tem a mania de dizer que já não é meu amigo :)

Arco Iris disse...

Muito bom....
Eu já me tinha esquecido das filhas, agora tenho os netos a dizerem a mesma coisa.
A verdade é que são e serão sempre nossos amigos ( assim espero)