28 de agosto de 2013

Baú da felicidade #14

Ver a figueira dar os seus frutos mesmo que eu não os coma, porque detesto...

Recordar o meu pai com a sua faca de bolso a apanhar figos e comê-los ali mesmo ao lado da árvore. Ou dos jantares dele, apenas de figos com pão.

Recordar as histórias que a minha mãe contava dos seus tempos de moça nova, da sua gulodice por figos a levar a subir às figueiras e comer todos quantos apanhasse antes de chegar a casa.

Ouvir a minha mãe dizer que a coisa mais díficil que tivera que suportar durante a gravidez de mim foi estar proibida de comer figos, porque estava a engordar mais da conta.



7 comentários:

Maria Duarte disse...

Se pudesse e não me fizessem tão mal... comia até começarem a sair pelos ouvidos

ADORO figos

(percebes porque escolhi a sombra da figueira?)

Sandra Tavares disse...

Queria tanto ter uma figueira ao pé de mim.

luisa disse...

São tão bons! :)

Paula disse...

Adoro e tenho a casa cheia... o teu pai era cá dos meus...

Beijinhos xx

Paula disse...

Adoro e tenho a casa cheia... o teu pai era cá dos meus...

Beijinhos xx

Angela Costa disse...

Eu ADORO figos ... ai se eu tivesse essa figueira pertinho de mi :)
Este verão em Tavira comi imensos que os meus primos e tios me apanharam :)
Kiss

Melissinha disse...

Imagem linda, Naná!