8 de outubro de 2012

Melissa inspired #3 mas ao contrário

A história parece um tanto inverosímil, mas eu romântica incurável assumida, vi neste filme muito mais do que o amor "um-num-milhão" entre uma estrela de cinema e um tipo normal, dono de uma livraria.
Acho que o filme tem momentos absolutamente deliciosos (como o jantar de aniversário em que eles decidem fazer um concurso para ver quem consegue ser mais patético para ganhar um muffin) e se nos esquecermos um pouco do romance entre as personagens encarnadas pela Julia Roberts e Hugh Grant, no filme há dois bons exemplos de que há relações amorosas lindas e muito simples.

E o que melhor ilustra isto de que falo é a cena em que eles entram no jardim de noite e encontram um banco com uma inscrição linda e que descreve perfeitamente a minha visão romântica de uma relação duradoura entre duas pessoas
 
"For June who loved this garden, from Joseph who always sat beside her" 



9 comentários:

Ana C. disse...

Este filme é uma obra-prima.
Quanto ao banco, só me resta chibatar-me mil vezes por não ter feito peregrinação a este jardim,da última vez que estive em Londres, mas da próxima não me escapa :)

Naná disse...

Ana C., só se fores a Perth, Austrália... Um anónimo comprou o banco e fez uma doação ao Queens Garden Park

Jardim de Algodão Doce disse...

Adoro -os como atores e fiquei com curiosidade em relação ao filme, até porque como tu sou uma romântica assumida! :)

sal disse...

:)

Lacorrilha disse...

É só o meu filme favorito. Eu sou completamente apaixonada pela protagonista, não há filme dela que me escape.

Uba disse...

Também adoro e considero o final simplesmente perfeito! :)

Arco Iris disse...

Ajuda....
Eu vi este filme, adorei, pela história e pelos atores.
Não me lembro do título.
Bjs :))

Naná disse...

Arco Iris, o filme é o Notting Hill :)

Estou a ver que não sou a única romântica incurável

Melissinha disse...

Bendita seja a net que nos permite localizar bancos espalhados pelo mundo!