19 de junho de 2012

Constatações

Ontem apercebi-me que o que me entristece e faz chorar nos funerais não é tanto o desaparecimento de quem faleceu...
Mas sim a dor e a tristeza de quem cá fica, pela perda que sofreram!

tirada da net

3 comentários:

Tanita disse...

Oh querida, lamento imenso a tua perda. Imagino o quanto o teu primo está a sofrer... bj**

Magda E. disse...

cheguei a essa conclusão bem novinha (teria uns 15 anos) e desde então que sou "aquela" que dá o apoio todo, seja emocional, seja físico (trago as sopinhas, as mantas nos velórios, enfim)... quem partiu já deixou de sofrer, mas para quem fica, custa muito... beijinhos*

Maria disse...

Assino por baixo!