3 de abril de 2012

Dias Cinzentos

Há dias em que me sinto cinzenta, como o tempo que se faz sentir...
Parece que carrego um peso que não sei bem onde o adquiri ou como se grudou em mim... 
Como uma peçonha, uma larva invisível que me vai carcomendo o ânimo, deixando-me entristecida.
Faz com que tudo me cause incómodo, aborrecimento e irritação. Fico com a impressão de que nada corre de feição...
Depois juntam-se as pequenas inconstâncias da vida quotidiana, que não são um problema propriamente dito, mas que sinto como tal, e empolo isso e faço disso um drama, sem que o seja.
Tudo se resolve, tudo tem solução e eu sei perfeitamente que assim é!
Mas nestes instantes, a vontade é ceder ao pessimismo e até mesmo a alguma auto-comiseração.
Sinto-me num dilema interior, porque detesto ceder a este tipo de sensação. Quero quebrar estas amarras imaginárias e estúpidas que eu me auto-impus. 

Depois começo a acreditar que tem tudo a ver com o que a Bee descreve aqui, com a sensação de estar assoberbada! Esta sociedade em que vivemos, carregada de obrigações e de fluxos diários de informação, verdadeiras torrentes de bombardeamento ao cérebro, que fica progressivamente em overload...

Mas também ser porque o meu carro avariou na 6.ª feira, encostou à box e ainda não sei em quantos aérios  importa a reparação.
Ou pode ser o facto de os chefes do G. o terem mudado de serviço e ele agora em vez de fazer turnos de 6h, passar a fazer turnos de 12h. O que significa que vai ficar com menos tempo disponível para me ajudar a despachar o Falipe de manhã...

Ou seja, estou num dia cinzento, carregada de "não problemas", que amanhã estarão resolvidos. 
Eu depois terei a noção do quão parva fui por me deixar levar por estas palermices...

Enfim, não sou perfeita!...

7 comentários:

Ni! disse...

:) Todas temos dias assim, apalermados! Toma lá um beijo e um abraço, que bem podiam ser um abreijo!

t disse...

todas temos dias desses! eu confesso que estou num meio dia assim! por causa de trabalho, que se vai fazer até ao fim do dia e depois vai passar, mas enquanto não passa, estou assim...vá não desanimes porque amanha será melhor.
***

carla disse...

Já hoje disse a outra menina que todos temos dias assim, momentos assim. E temos direito a tê-los. Para depois seguirmos em frente com outra força, com outro espírito.

Beijinhos. Amanhã será um dia melhor.

Sofia disse...

Todos nós temos dias assim, mas isto acaba por passar. Força! Amanhã será um novo dia e o sol voltará a brilhar.
Beijinho*

Tanita disse...

Oh querida, nem sei que mais te diga. Estou aqui, sabes não sabes? Bj**

Arco Iris disse...

È caso para dizer " onde é que já vi este filme" todos nós de uma maneira ou outra passamos por esta situação.
Tinha um chefe ,que me conhecia muito bem...então dizia-me o "interruptor está para baixo toca a pô-lo para cima"
Bjs :)

Isilda disse...

Um beijinho repenicado para alegrar o teu dia!