15 de fevereiro de 2012

Opiniões

Há pessoas que têm opinião sobre tudo. 
Há pessoas cuja opinião reside quase sempre em ser do contra. 
São contra tudo, contra todos.
Tudo e todos é que estão mal, tudo e todos é que estão errados.
Eu gosto de dar a minha opinião, quando a tenho bem formada. Quando ainda não sei bem se concordo ou não, se sou contra ou a favor, abstenho-me de comentar, porque sempre ouvi dizer que "boca aberta, ou entram moscas ou saem asneiras"...
Depois há aquelas pessoas que basta ouvirem uma opinião ou um ponto de vista diferente do delas passam ao ataque, como se aquela pessoa fosse muito burra. 
Isso irrita-me sobremaneira... porque eu pensava que havia liberdade de expressão e de pensamento. 
Gosto de debater assuntos de forma amigável e sem que me passem atestados de burrice ou de estupidez.
Não preciso de ironias ou de sarcasmos para ilustrarem que o meu ponto de vista é menos inteligente ou estúpido... mesmo que não o seja...
Gosto de trocar ideias e pode até ser que passe a concordar com um ponto de vista diferente do que eu tinha, porque quando se debate com outras pessoas há sempre margem para aprendermos algo novo, que não tínhamos sequer considerado quando formámos a nossa opinião sobre aquele assunto. 
Perante pessoas destas, há tempos atrás enervava-me e mantinha o debate, mesmo que muitas vezes raiasse o insulto, da parte destas em relação a mim.
Nos dias que correm, já não o faço! 
Não vale a pena... prefiro conceder-lhes a sua "suprema inteligência de seres profundamente sábios e iluminados", porque não ganho nada com isso. 
E contra pessoas assim carregadas de inteligência e de razão, não há argumento nenhum que me valha e acabo por ficar só com a irritação de me terem passado atestados de burrice.

12 comentários:

mfc disse...

Quem não sabe ouvir não gostta de discutir!
Não vale a pena insistir com essas pessoas.

Maria disse...

Tu andaste a discutir com um colega meu??? É que ele é assim...tem a opinião dele e acha que só a dele é que é a certa! E quando o contrapõem exalta-se...já nem vale a pena "discutir" com ele...o que é uma tristeza, porque isto acontece durante as conversas de almoço, com temas do mais banal que há...

Naná disse...

Mfc, é isso mesmo! Não sabem ouvir!

Maria, não foi com um colega teu, mas em tempos tive um colega na faculdade que era assim... sabes o que lhe fazia? Virava-lhe as costas, mesmo! E dizia-lhe: hoje já não falo mais contigo. Agora só amanhã!"

Ana C. disse...

É por isso que cada Cada vez mais tenho menos vontade de discutir.

Ni! disse...

Por favor, não!!!!!! Existem esses sim e eu lembro-me bem desse teu/nosso colega. Depois existe outro tipo, o chamado troll, que só quer mesmo isso... trollar! Não vou ser advogada de defesa, só dizer-te que sei do que falas e sei que pode ser essa a imagem que passa. Mas no fundo, no fundo... não é essa a intenção.
Beijo, querida!

Paulo Nunes disse...

Eu por acaso tenho um pouco disso! Apesar de eu saber ouvir, tb discuto muito e combato muitas ideias. E muitas vezes também sou apelidado do contra, apenas porque não sigo o que o Povinho em geral segue.
Tenho opiniões que saem fora do normal do que muitas pessoas estão habituadas em ouvir...por isso ficam a pensar mal de mim...aliás..por isso tenho poucos amigos!
Mas no fundo.. quem me conhece bem.. sabe que na maior parte das vezes tenho razão.. o que afecta muitas pessoas pois não querem admitir.
Não sou o Sr. Razão.. tb falho... mas tento sempre dar o meu ponto de vista. :)

Naná disse...

Ana C. é isso mesmo, não há energia que aguente!

Ni, pois sabes do que falo, mas em certos dias não há pachorra para aturar trollices...

Paulo, mas eu gosto de pessoas que têm uma opinião e sabem defendê-la,apresentam argumentos válidos e concretos, como é o teu caso. Já não gosto é de pessoas que menosprezam quem tenha outra opinião diferente, entendes?!

AvoGI disse...

hoje em dia é oq que de mais há gente que nao muda de opiniao nem à lei da bala mesmo sabendo que está errada
kis :=)

Mammy disse...

Como concordo contigo, Naná!
:)
Bjs

Arco Iris disse...

Conheço muito bem esse género de pessoas que descreve.
Irritavam-me muito...agora, deixo-os a falar sózinhos com o devido respeito.
Bjs :)

carla disse...

Eu argumento até determinado ponto. Assim que me apercebo que nada adianta estar a falar pura e simplesmente desligo. A pessoa fala, fala, fala, e fica-se com a dela. Não merece que perca tempo.

Tanita disse...

Já estou como tu, agora nem tenho paciência e digo que sim com a cabeça.