21 de dezembro de 2011

Amuletos


Não sou particularmente supersticiosa... 
Mas acredito em algumas coisas do "oculto" chamemos-lhe assim. Detesto ver tesouras abertas! porque diziam as crendices populares que tesouras abertas eram garreias certas!
O meu pai sempre teve a crença de que os "cinco saimancos", como chamavam os antigos à estrela de cinco pontas, era um símbolo de protecção forte contra as invejas e o mau olhado.
Lembro-me de ser pequena e o meu pai ter comprado numa feira, a um conhecido, uma moeda antiga só porque a coroa era exactamente a estrela de cinco pontas. Dizia-se que dava sorte andar com uma nos bolsos.
Uma amiga minha trouxe-me esta medalha de lembrança duma viagem que fez à Alemanha.
Pode não ter significado ou poder nenhum, mas uso-a diariamente.
Se acredito que me protege? Não diria isso propriamente... mas tenho cá para mim que a minha crença na estrela de cinco pontas me afasta de alguns males.
Há quem lhe chame superstição...
Eu chamo-lhe pensamento positivo!

5 comentários:

Bella disse...

Há que acreditar. Quando acreditamos tudo pode acontecer. Como muito bem dizes, não é superstição e pensamento positivo.
Bjs

Arco Iris disse...

Eu também sou pelo pensamento positivo.
Se lhe dá prazer e segurança " não o largue ".
Bjs =)

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

E como é importante o pensamento positivo :)

Paulo Nunes disse...

Eu não acredito nada nessas coisas.. nem uso!
Efeito placebo.... está tudo explicado :)

Xico V. disse...

Pssaram já alguns meses sobre esta publicação mas, um comentário é sempre um comentário.
Pois este "cinco saimão" ou "sino saimão" ou "signo de Salomão" tem tido, ao longo dos séculos, muitos significados. Ele foi, nos quinhentos e tal a. C. o símbolo da Escola Pitagórica. O seu esoterismo vem, provavelmente, dessa época, já que ele representa a perfeição e a Divina Proporção. Feito a pertir dum pentágono regular, define no seu interior outro, invertido. É também designado (matemáticamente) pelo Pentagrama. Já agora, exibido de forma invertida, com o vérice para baixo, simboliza as forças do mal.