3 de agosto de 2011

Ecos dos sons de outrora

tirada da net

Hoje fui almoçar ao centro da cidade.
Soube bem ver as lojas das ruas do centro. Parece que é toda uma outra cidade...
Quando regressava ao trabalho, ouço um som tão característico e que me está gravado na memória, desde os meus tempos de infância: o chamamento da flauta do "amola-tesouras"!
Porque há anos que não ouvia aquele "assobiar" tão próprio... porque é uma profissão em vias de extinção!
Porque seja lá o amolador quem for, o toque de "pregão" é sempre igual!!

3 comentários:

Manuela disse...

Querida Naná, quando eu era criança, dizia-se que quando se ouvia esse som do amola-tesouras, era sinal de chuva!! ;)

Naná disse...

Manuela, que engraçado... será porque eles tinham tendência para aparecer mais no Outono? Por aqui nunca me apercebi dessa superstição, mas sentia um arrepio quando ouvia a flauta!

Tanita disse...

Olá Naná,
Sempre ouvi o mesmo que a Manuela :)